Fale com nosso especialista

IGP-M sofre queda de 0,97% em outubro de 2022

IGP-M sofre queda de 0,97% em outubro de 2022

Em outubro de 2021, o índice havia subido 0,64% e acumulava alta de 21,73% em 12 meses.

 

Após queda de 0,95% no mês de setembro, o Índice Geral de Preços – Mercado (IGP-M) recuou 0,97% neste mês, segundo o Instituto Brasileiro de Economia da Fundação Getúlio Vargas (FGV IBRE) “Combustíveis fósseis e leite explicam a nova queda registrada pela taxa do IGP-M. No âmbito do produtor, os destaques foram óleo Diesel (de -4,82% para -5,67%) e leite in natura (de -6,72% para -7,56%). Já no IPC, os destaques partiram de quedas menos intensas nos preços da gasolina (-3,74%) e do leite tipo longa vida (-8,26%)”, afirma André Braz, Coordenador dos Índices de Preços.

 

O Índice de Preços ao Produtor Amplo (IPA), principal avaliador do mercado, relata deflação de 1,44% em comparação ao mês passado, relativo a 1,27%. O INCC (Índice de Preços ao Produtor Amplo) também apresentou queda na taxa entre setembro e outubro, apesar disso, o IPC (Índice de Preços ao Consumidor) relatou inflação de 0.5% neste último mês, após registrar uma deflação de 0.08% em setembro.

 

A Fundação Getúlio Vargas declara que “A principal contribuição para este resultado partiu do subgrupo alimentos in natura, cuja taxa passou de 2,35% para 6,12%, no mesmo período. O índice relativo a Bens Finais (ex), que exclui os subgrupos alimentos in natura e combustíveis para o consumo, caiu 0,24% em outubro, após alta de 0,20% no mês anterior.”

O que é o IGP-M?

Este índice é amplamente utilizado para reajuste de tarifas públicas, contratos de alugueis e prestação de serviços. O principal objetivo é calcular o movimento dos preços, de forma que englobe diversas atividades e etapas diferentes de um processo de produção. O IGP possui três versões com coleta de preços encadeada: o IGP-10 (com base nos preços apurados dos dias 11 do mês anterior ao dia 10 do mês da coleta), IGP-DI (de 1 a 30) e o mais popular deles, o Índice Geral de Preços – Mercado, ou simplesmente IGP-M, que apura informações sobre a variação de preços do dia 21 do mês anterior ao dia 20 do mês de coleta.

 

O cálculo é realizado com a média aritmética ponderada da IPA, IPC e INCC

Os pesos de cada um é relativo a despesa interna bruta, calculado com base nas Contas Nacionais, tendo a seguinte distribuição.
– 60% para o IPA;
– 30% para o IPC;
– 10% para o INCC;

plugins premium WordPress